DEPOIMENTO DO PRESIDENTE E CO-FUNDADOR

 

O que inicialmente começou por ser um projecto pessoal para ultrapassar as dificuldades de integração num novo país de acolhimento, tais como barreira linguística, conhecer e perceber o sistema social e fiscal, transformou-se na criação da Association d’Appui à la Communauté Portugaise en Suisse (AACP).

Após ter sentido na pele, as dificuldades de adaptação ao país, que tem diferenças enormes em relação à realidade portuguesa, esse facto levou-me a aprender a língua francesa, conhecer o seu sistema político, social e fiscal. Tanto eu como a Co-fundadora, Paula Silva (agora voluntária da AACP), fizemos esse percurso que nos ajudou na nossa integração na Suíça.

Transformámos as nossas dificuldades em ferramentas e, informalmente, fomos sendo solicitados por amigos e conhecidos para os ajudar na sua integração. Ora ajudando em traduções, ora com assuntos administrativos e burocráticos. O volume dos pedidos de ajuda foi crescendo ao longo dos anos.

Os grandes incêndios de 2006 em Portugal despoletaram em nós o sentimento que tínhamos que fazer alguma coisa para ajudar a nossa comunidade portuguesa aqui presente, mas de uma forma mais organizada.

Foi então que surgiu a ideia de fundar a Associação de Apoio à Comunidade Portuguesa (AACP). O dia 11 de junho de 2011 marcou a formalização desta Instituição, com sede em Vevey no Cantão de Vaud, na Suíça.

A AACP tem como base a defesa dos interesses dos imigrantes portugueses na Suíça, de forma a informar, ajudar e orientar na sua integração no país. Por outro lado, fazemos a divulgação da língua e a cultura portuguesas, apoiando iniciativas para fortalecer os laços e a colaboração intercultural entre as comunidades locais e os portugueses.

Ao longo destes 8 anos temos vindo a crescer. Resultado das solicitações dos nossos membros, temos um leque mais alargado de serviços com preços simbólicos, que ajudam a pagar as despesas fixas da instituição, já que os apoios oficias e privados são muito reduzidos. 

Pode dizer-se que a Associação divide o seu trabalho em duas grandes áreas: por um lado, os serviços burocráticos, por outro lado a divulgação de cultural, artística e gastronómica, do nosso país.

Do lado dos serviços, temos várias vertentes, que vão desde o apoio na representação de portugueses em tribunal, no que concerne a decisões de atribuição de pensões de invalidez, expulsões do país, portugueses presos, etc. Ajudamos na parte administrativa e acompanhamos os processos.

O apoio à inserção profissional tem sido também um dos objectivos da AACP. Ajudamos na restruturação dos CV’s, nas cartas de motivação, como estar em entrevistas de emprego e, temos ainda, parcerias com agências recrutadoras para encaminhar os nossos membros ou quem nos solicite.

O acompanhamento psicológico em língua portuguesa é uma necessidade no seio da nossa comunidade, por isso, temos contacto com Profissionais residentes na Suíça e que prestam esse serviço em português.

A Suíça tem um sistema social diferente de Portugal: todos os cidadãos aqui residentes têm que ter seguro de saúde obrigatório; ninguém pode matricular o seu veículo sem primeiro fazer um seguro auto; parte da segurança social é paga pelo cidadão, para colmatar a enorme diferença salarial aquando da reforma ou da invalidez, entre outras situações burocráticas. Daí termos aconselhamento nestas áreas, de forma gratuita, com sessões de esclarecimento e informativas.

Estabelecemos ainda protocolos com escolas portuguesas para proporcionar formação à distância a portugueses que queiram completar o Ensino Português. Os alunos fazem os exames na AACP e ficam com o certificado do Ensino Oficial Português até ao 12º ano, peça fundamental para aqueles que queiram regressar a Portugal.

Por outro lado, fazemos a divulgação da nossa cultura e gastronomia portuguesas, apoiando artistas e escritores no lançamento de livros e obras de arte e, participamos em feiras de divulgação, onde Portugal queira estar representado.

É um trabalho que abrange muitas áreas e é por isso, que temos uma equipa multidisciplinar de portugueses residentes na Suíça, que querem ajudar a preservar a nossa identidade e a desenvolver um verdadeiro trabalho de integração da nossa Comunidade presente em terras helvética. Para nunca esquecer as nossas raízes portuguesas.

Trabalhamos em estreita colaboração com a Embaixada, Consulados e Representações Consulares presentes na Suíça. E temos protocolos firmados com instituições em Portugal, por forma a articular e desenvolver projectos comuns.

Recentemente, mudámos para instalações maiores, em Montreux, e pudemos alargar os serviços em número e qualidade.

Um dos objectivos a curto prazo é o de fazer crescer o número de associados individuais, famílias, empresas, instituições. Todos são bem-vindos, para em conjunto, contribuirmos para a dignificação do nome de Portugal e dos Portugueses aqui e num mundo.